Novo Hamburgo – Maior desfile acadêmico de moda do Brasil será dia 5 de dezembro

Postado por Ari Schneider  /   novembro 28, 2019  /   Postado em @destaque-texto, Geral  /   Nenhum comentário

Projeta-me, apresenta as produções dos formandos do curso de Moda da Universidade Feevale

Projeta-me ocorrerá no teatro Feevale – Crédito: Divulgação.

No próximo dia 5 de dezembro, a Universidade Feevale realiza o maior desfile acadêmico de moda do Brasil. O Projeta-me, quando 37 formandos do curso de Moda desfilam suas coleções para a comunidade, acontece no Teatro Feevale, em Novo Hamburgo, a partir das 20h. A abertura do evento fica por conta do Espaço Dança Ivoti, cujos figurinos estão sendo produzidos pela disciplina de Projeto de Figurino, do curso de Moda. Outra atração será uma mostra sobre os projetos sociais da Universidade, no foyer do Teatro, das 18h às 20h.

Os ingressos já estão disponíveis e podem ser retirados, gratuitamente, na Bilheteria do Teatro Feevale (de segunda a sexta-feira das 12h às 21h e, no sábado, das 9h às 13h), e no Centro de Design (de segunda a sexta-feira das 9h15min às 12h e das 13h às 22h), na Universidade, ambos no Câmpus II (ERS-239, 2755). Será solicitada a doação de 1kg de alimento não perecível no dia do evento.

Nesta edição do evento, conforme a coordenadora da atividade, Ana Hoffman, todas as técnicas utilizadas foram grandes incentivos à criatividade, estando conectadas com o que há de mais inovador nas tendências do mercado da moda. Para a divulgação do Projeta-me e a criação do figurino da foto conceito, foi feito um exercício de criatividade, de onde surgiu a tríade de palavras vidro-lágrima-vestido. Essa associação de ideias conduziu a imagens da estilista Iris Van Herpen, da cantora da Islândia Björk, de estalactites e geleiras, de mar revolto em ondas, peixes fantasmagóricos bioluminescentes em reino abissal e deusas oníricas.

Para a criação e a produção do figurino, foram utilizadas técnicas de moulage e drapeados, experimentações em estamparia a partir da técnica tie dye e o conceito de weareable computing, unindo a tecnologia de sistemas computacionais à impressão 3D, de onde surge o glass. “São essas tecnologias, aliadas a projetos interdisciplinares entre o curso de Moda, por meio da disciplina de Produção de Eventos de Moda, responsável por organizar o evento em parceria com o curso de Engenharia Eletrônica e o Centro de Design, que fortalecem o propósito de democratização do saber”, explica Ana. “Poder partilhar essa experiência e mostrar aos alunos o seu potencial criativo e protagonismo, tornando-os confiantes e autônomos, é uma das grandes satisfações de ser professora. É como ser um motor catalisador de energia. Tudo está ali pronto e meio formado, só precisa de combustível ou estímulos”, completa.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

dois × 5 =

  • Telefones:

    (51) 3595-0777

    (51) 9 9700-8677 (WhatsApp)