Campo Bom – Segurança e Educação foram os temas abordados na última Sessão

Postado por Ari Schneider  /   agosto 29, 2019  /   Postado em @destaque-foto, Política  /   Nenhum comentário

Diversos parlamentares utilizaram a tribuna para se manifestar

Segurança e educação foram os temas abordados em Sessão Ordinária – Crédito: Divulgação CMCB.

Na última sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Campo Bom (26), os vereadores discutiram assuntos que envolvem a segurança e educação da cidade.  Victor Souza (PCdoB) foi o primeiro parlamentar a fazer seu pronunciamento. Ele parabenizou as melhorias que a atual administração vem realizando na cidade. Entre elas, a inauguração da obra da Estratégia de Saúde da Família (ESF) Porto Blos. “É importante haver uma UBS bem equipada para uma população que envolve seis bairros”, destacou Victor. Já a vereadora Sandra Orth (PSDB) subiu na tribuna para frisar a repercussão que surgiu referente ao Programa Qualifica Campo Bom. “Temos a preocupação de fazer política, e não politicagem. A população vem mostrando que quer políticos que se preocupem com a cidade”, finalizou a vereadora. Tiago Souza (PCdoB) também utilizou a tribuna para falar sobre o tema.

Jair Wingert (PP) frisou a homenagem ao Clube 15 de Novembro e destacou o programa “Quebrando o Silêncio”, realizado pela Igreja Adventista, em toda América do Sul, com o objetivo de alertar sobre temas emergenciais, como o abuso. “Sábado passado, na igreja de Campo Bom, os adventistas distribuíram um vasto material do ‘Quebrando o Silêncio’. Foram milhares de revistas, voltadas para adultos, crianças e aos jovens”, disse Jair. Neste ano, a revista abordou o tema Abuso Sexual Infantil. Todos os parlamentares receberam um exemplar.

Em seguida, o vereador Joceli Fragoso (PTB) fez uso da palavra. Ele também parabenizou a comunidade, que foi contemplada com a reforma da ESF Porto Blos. “Foi ampliado o posto de saúde, dando mais qualidade e conforto para as pessoas”, finalizou Joceli. O parlamentar Max de Souza (MDB) debateu sobre a segurança, solicitando mais policias distribuídos no município. “Campo Bom não pode ter só um policial”, disse. Max também deu ênfase ao seu pedido sobre a implantação de argolas ou barras de ferro fixadas no chão em locais de estacionamento para os motociclistas. “Entramos com essa proposta, porque vemos no cotidiano muitos furtos. Se houver 10 motos, e 9 estiverem em chaveadas, qual ficará mais vulnerável? Nada melhor que o município interferir junto, trazendo mais segurança para o cidadão”, finalizou.

Em seu discurso, o presidente da Casa Legislativa, Paulo Tigre (MDB), frisou sobre a atual administração da cidade. “Eu quero uma cidade que tenha solução, não apenas promessas”, frisou o vereador.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

17 + 1 =

  • Telefones:

    (51) 3595-0777

    (51) 9 9700-8677 (WhatsApp)