Projeto premiado da EMEF Presidente Vargas é apresentado na sessão da Câmara de Campo Bom

Postado por Ari Schneider  /   novembro 30, 2018  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

“Fake News x True News: Qual o seu lado na Internet?” foi o grande vencedor do Prêmio RBS de Educação

Na sessão ordinária do Legislativo de Campo Bom realizada na noite da última segunda-feira, dia 26, o espaço do pequeno expediente contou com a participação da professora Ana Aline Gomes Schmitt, da EMEF Presidente Vargas, do bairro Operária. No início do mês, um projeto desenvolvido pela professora foi o grande vencedor do Prêmio RBS de Educação, da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho e do Grupo RBS, com o apoio técnico do Cenpec, que tem como objetivo estimular práticas de mediação e incentivo à leitura em diferentes áreas do conhecimento, como literatura, matemática, artes e ciências. Ao usar a tribuna, Ana estava acompanhada dos alunos Júlia Benedetto e Matheus Henrique que auxiliaram a professora a explicar aos vereadores e assistência o projeto “Fake News x True News: Qual o seu lado na Internet?”.

“A ideia desse projeto surgiu no início do ano quando estávamos analisando postagens na internet, inclusive de familiares, acerca dos conflitos na Síria e percebemos que muitas pessoas estavam compartilhando fotos falsas desse conflito”, explicou Ana. “Iniciamos o projeto estudando alguns artigos de jornais sobre o tema de fake news e fomos nos aprofundando um pouco mais no assunto”, ampliou Julia. “Também pesquisamos quais eram os temas mais recorrentes sobre fake news e chegamos à conclusão que são violência, política e sexo”, completou Mateus. A professora e os alunos também comentaram sobre os passos seguintes do projeto, como a realização de enquetes com a comunidade e pesquisa quantitativa, além da alegria de ter a iniciativa premiada. “O apoio de todos foi fundamental, mas esse prêmio é dos alunos. Vocês fizeram parte com ouvintes e agora são multiplicadores”, finalizou Ana.

Após a participação da professora e dos alunos, a sessão contou com a apreciação de requerimentos e veto na ordem do dia. Por unanimidade, os vereadores aprovaram requerimento de autoria do vereador Jair Wingert, que solicita ao Executivo uma desapropriação ou compra de área de terra no bairro Imigrante, para que seja transformado em área de preservação permanente, tendo em vista a grande flora e fauna existente no terreno. Além de requerimentos encaminhados pelo vereador Jerri Moraes, com solicitação de troca de postes em rua do Centro, e do vereador Tiago Souza, endereçado aos Correios, solicitando providência referente a entrega de correspondências no loteamento Vila Velha.

Por nove votos favoráveis e dois contrários, os vereadores aprovaram o veto integral do Executivo ao projeto de lei do vereador Joceli Fragoso, que institui as cores da bandeira do município como padrão para pintura de logradouros e prédios públicos.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

2 + onze =

%d blogueiros gostam disto: