Unimed recebe Licença de Instalação para a construção de novo hospital

Postado por Ari Schneider  /   novembro 16, 2018  /   Postado em @destaque-foto  /   Nenhum comentário

Com os documentos entregues, a Unimed já está apta a contratar uma empreiteira para dar início ao processo de obras

A Prefeitura de Novo Hamburgo entregou para a Unimed Vale do Sinos, na tarde de terça-feira, dia 13, a Licença de Instalação (LI) e o Projeto Legal de Arquitetura do futuro hospital da cooperativa, que será construído na rua Barão de Santo Ângelo, em frente à entrada principal do Parcão. O ato, realizado no Centro Administrativo Leopoldo Petry, contou com a presença da prefeita Fátima Daudt e do presidente da Unimed, Dr. Luís Carlos Melo.

“Estamos felizes em ter avançado nesse tema. Nossa equipe trabalhou muito para poder dar todas as licenças, até porque é uma obra complexa e que ainda teve outros detalhes, como a questão de estar próxima de uma área de preservação”, pontuou a prefeita Fátima Daudt.

A prefeita ainda destacou que a parceria com a Unimed deverá ser ampliada, já que a construção do hospital passa por contrapartidas da cooperativa com o município. Com os documentos entregues, a Unimed já está apta a contratar uma empreiteira para dar início ao processo de obras.

“Estamos prevendo iniciar as obras do nosso futuro hospital em janeiro de 2019. Foi uma vitória pessoal minha e da nossa cooperativa. Faço um agradecimento especial à prefeita Fátima e toda a sua equipe envolvida, pois estávamos desde 2012 tentando iniciar a construção do hospital, sendo que só agora conseguimos todos os licenciamentos para começar a obra,” destacou o presidente da Unimed Vale dos Sinos, Luís Carlos Melo.

Em um investimento estimado em R$ 120 milhões, o futuro hospital será construído em uma área de 31.243 m² e terá 140 leitos, sendo 120 de internação e 20 de UTI adulto. O empreendimento possuirá seis andares (dois de estacionamento) e uma passarela ligando ao antigo prédio. Durante a obra, estima-se que serão gerados 400 empregos diretos e, em funcionamento, a unidade poderá ter até 1000 colaboradores.

“Com a construção deste futuro hospital, somados aos outros existentes, e ao curso de medicina da Feevale, poderemos formar um complexo muito interessante para a saúde de nossa cidade”, comentou a prefeita Fátima.

Também estiveram presentes no ato o vice-prefeito, Dr. Antônio Fagan, a secretária de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Roberta Gomes de Oliveira, o secretário de Meio Ambiente, Udo Sarlet, e a diretora de Licenciamento Ambiental, Viviane Corteletti.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

16 + 17 =

%d blogueiros gostam disto: