Estância Velha busca parceria para o Distrito Industrial

Postado por Ari Schneider  /   novembro 16, 2018  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

Inovar e buscar parcerias tecnológicas para a geração de emprego e renda são as bases para garantir um futuro melhor

Na tarde de terça-feira, dia 13, a prefeita Ivete Grade, acompanhada do secretário municipal da Indústria, Comércio e Turismo, Rudi Muller e a chefe de Indústria e Comércio, Juliana Moura, em parceria com a Associação Comercial Industrial, representada por Marco Aurélio Kirsch, e Claudio Pozza, visitaram o Parque Tecnológico da Unisinos (Tecnosinos). O objetivo era apresentar o Parque Industrial Engenheiro José Portela Nunes (EVETEC), do município de Estância Velha. Na reunião foram evidenciados todos os atributos que fazem do parque um espaço propício para a instalação de indústrias.

Os representantes de Estância Velha foram recepcionados pelo diretor do Centro de Inovação e Tecnologia da Unisinos, Luis Felipe Maldaner. O secretário Rudi usou o mapa do EVETEC para descrever e apresentar o intuito do projeto. Maldaner elogiou a proposta do Parque Industrial dizendo que o município está no caminho certo. “A ideia é ótima e está muito bem pensada. A infraestrutura e a logística são muito beneficiadas pela localização deste parque. É um avanço para a cidade em termos de geração de empregos”, ressalta.

A conversa foi considerada produtiva por Rudi, que percebeu a possibilidade de uma parceria futura. “A gestão e essa iniciativa foi elogiada, pois no fim do ciclo, tudo reflete em benefício para a economia da cidade”, destaca. A possibilidade de uma parceria não foi descartada pelo diretor do Tecnosinos, entre a Unisinos e o EVETEC.

A prefeita Ivete Grade se mostrou satisfeita com a conversa e os reconhecimentos recebidos. “Com todo o renome da Unisinos e do senhor Felipe Maldaner, receber um elogio deste porte nos deixa contentes. Ele ressaltou em diversos momentos que estamos no caminho certo e que estamos fazendo o que ele já havia alertado para outras cidades. O desenvolvimento social só acontece após o desenvolvimento econômico”, finaliza.

Na ocasião, foi reiterada a necessidade de Estância Velha ter uma rede hoteleira. Isso seria útil para abrigar empresários dispostos a visitar o município e as futuras instalações de suas empresas. Para estimular a implantação de empreendimentos deste setor, foi criada a lei n°2.266/2017, do dia 24/08. A lei prevê diversos incentivos para que hotéis, flats, pousadas e afins sejam edificados no município.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

2 × 3 =

%d blogueiros gostam disto: