Câmara celebra os 15 anos do Grupo Pensando Novo Hamburgo

Postado por Ari Schneider  /   novembro 16, 2018  /   Postado em @destaque-foto  /   Nenhum comentário

Homenagem atendeu o requerimento da vereadora Patricia Beck

A Câmara abriu a sessão de quarta-feira, dia 14, com uma homenagem ao Grupo Pensando Novo Hamburgo, em comemoração à passagem de seus 15 anos de fundação. Os parlamentares prestaram sua deferência ao empenho de homens e mulheres que se unem desde março de 2003 na busca de alternativas para o desenvolvimento do município

“De forma especial saúdo esse grupo que se reúne não apenas para pensar, mas também para trabalhar pelo nosso município. Pessoas que dedicam seu tempo, de forma voluntária, abrindo mão, muitas vezes, do conforto do lar para pensar, propor, inovar e resgatar temas tão caros à nossa cidade. Quantas pautas discutidas e propostas por vocês viraram leis e ações? Se há algo por fazer por Novo Hamburgo, do micro ao macro, lá estão os voluntários do grupo. Esta é uma homenagem simples, mas de reconhecimento por tudo o que vocês fazem pela comunidade hamburguense”, disse Patricia Beck.

“Para mim é uma alegria estar aqui nesta tribuna para referenciar o trabalho deste grupo, que quer uma Novo Hamburgo melhor para todos. Um grupo de portas abertas às pessoas que queiram participar da forma que conseguem. Nas reuniões, que começam pontualmente, canta-se o hino da nossa cidade, demonstrando um amor pela terra. Não é um grupo pautado por direcionamentos ideológicos ou oportunistas, mas por demandas de interesse coletivo, para o bem de todos”, relatou Raul Cassel, que falou em nome da bancada de seu partido.

“Vivemos um período de melhorias em nossa cidade, de renovação na política em geral. Hoje, as discussões, na maioria das vezes, acontecem no campo virtual, diferente do que faz o Pensando Novo Hamburgo, que vai para o campo, colocando a mão na massa, na luta pelas construções coletivas e pelo progresso da nossa cidade”, falou o presidente da Câmara, Felipe Kuhn Braun.

“Quero agradecer pelo reconhecimento do trabalho executado durante esses 15 anos. Um grupo formado por pessoas de bem, que se reúnem periodicamente em busca de pautas que interessem à nossa cidade. Surgiu por causa dos impactos da crise crônica do calçado. Críticas todos sabem fazer, mas poucos se dedicam para a solução dos problemas. Altruísmo, bem comum e voluntarismo são alguns dos nossos nortes. Buscamos agir, não apenas pensar. A distância entre a realidade e o sonho não pode ser maior que a nossa vontade em ajudar Novo Hamburgo”, disse a coordenadora geral do Pensando Novo Hamburgo, a arquiteta Rosana Oppitz, ao final da homenagem.

O Pensando Novo Hamburgo surgiu no dia 27 de março de 2003 a partir da iniciativa de membros da comunidade que desejavam fazer mais pela cidade. Voluntários, atuam sobre três pilares básicos: social, comunitário e comercial. Hoje, são mais de cem instituições e empresas representadas e engajadas no movimento, além de profissionais liberais que não recebem nenhum provento e não procuram nenhuma projeção pessoal, porém possuem um objetivo em comum: pensar Novo Hamburgo.

Várias iniciativas marcaram a atuação do Grupo na cidade ao longo desses 15 anos e contribuíram para o desenvolvimento da sociedade hamburguense, como as campanhas O Trem é Nosso, Sinal Vermelho, 100% Iguaçu e Novo Hamburgo Beleza. O trabalho social prossegue com projetos sobre planejamento familiar e gravidez na adolescência, revitalização de escolas, recuperação de praças, combate às pichações e valorização dos grafiteiros, conscientização no trânsito, arborização, escolas profissionalizantes, resíduos sólidos e apenados.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

dezesseis − sete =

%d blogueiros gostam disto: