Secretaria da Saúde e parceiros promovem o Dia D do Outubro Rosa no coração da cidade

Postado por Ari Schneider  /   outubro 17, 2018  /   Postado em @destaque-foto  /   Nenhum comentário

A pasta municipal realizará uma série de ações durante a manhã de 20 de outubro

A Secretaria Municipal da Saúde, por meio das Políticas Públicas para a Saúde das Mulheres, mais o Viva Mulher e a Coordenadoria da Mulher da Secretaria de Desenvolvimento Social, firmam parceria com a Liga Feminina de Combate ao Câncer, o Grupo Amigas de Mãos Dadas e a Unimed Vale do Sinos para a realização do Dia D do Outubro Rosa. A programação ocorre na Praça 20 de Setembro, bem no coração da cidade, no próximo dia 20, um sábado, das 9h ao meio-dia.

O Ônibus da Saúde estará estacionado no local nesse período, quando será possível fazer testes rápidos (HIV/sífilis, hepatites B e C), Hemoglicoteste (HGT) para verificação dos níveis de glicose no sangue, orientações sobre saúde da mulher, nutrição e saúde bucal e aferição de pressão arterial. Haverá, ainda, a participação do Projeto Tipo Assim, com a tenda Sinta na Pele, e do Programa Saúde na Escola, juntamente a agentes multiplicadores na estratégia preventiva a Infecções Sexualmente Transmissíveis e que farão a distribuição de preservativos.

Também para o Dia D, com largada junto à Praça 20, está marcada a Caminhada das Amigas de Mãos Dadas, com início às 10h, em prol da causa social da prevenção ao câncer de mama.

Outubro já é conhecido mundialmente como um mês marcado por ações afirmativas relacionadas à prevenção e à descoberta precoce do câncer de mama. A campanha, conhecida como Outubro Rosa e datada da década de 1990, é movida pela ideia de se compartilhar informações sobre o câncer de mama e, mais recentemente, câncer do colo do útero. O movimento promove a conscientização sobre ambas as doenças. Dessa forma, com fatos e dizendo não a fake news, melhora-se o conhecimento e o acesso aos serviços de diagnóstico, de modo a garantir a redução nos índices de mortalidade.

O nome da campanha remete à cor do laço que é um símbolo internacional usado por indivíduos, empresas e organizações na luta e prevenção do câncer de mama. O diagnóstico precoce ainda é o maior aliado para o tratamento eficaz da patologia. Quando identificada cedo pode ser tratada, de maneira a impedir que o tumor se expanda e alcance outros órgãos. “O câncer de mama pode ser detectado nas fases iniciais, aumentando assim as chances de tratamento e cura”, ressalta a coordenadora de Políticas Públicas para a Saúde das Mulheres, vinculada à SMS, a enfermeira Roberta Frank. Os primeiros alertas costumam ser dados durante o autoexame dos seios.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

cinco × 1 =

%d blogueiros gostam disto: