Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Capela de Santana

Postado por Ari Schneider  /   outubro 11, 2018  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

Projeto de Lei nº 56/2018 foi aprovado em Regime de Urgência

Na sessão da última terça-feira, dia 9, realizada na Câmara Municipal de Capela de Santana, o Projeto de Lei nº 56/2018, apreciado em Regime de Urgência, que dispõe sobre parcelamento de créditos de natureza tributária e não tributária, concede anistia e/ou redução de juros moratórios e multa de mora, foi aprovado por unanimidade, após aprovação do Requerimento nº 20/2018.

Também foi aprovado de forma unânime o Requerimento nº 7/2018, de autoria da vereadora Lore, que propõe Moção de Aplausos ao atleta da UMJ, Yuri Morales da Silva, pela participação em eventos estaduais e nacionais, sendo campeão em várias competições de kickboxing e muay thai.

O vereador Dilceu Bicudo usou seu espaço na tribuna para saudar os deputados eleitos que receberam apoio dos vereadores capelenses. Disse que espera ver o município sendo recompensado futuramente pelo voto de confiança nestes depositado. Também parabenizou a população pelo comportamento nas zonas eleitorais, no último domingo. Segundo ele, “não haviam santinhos espalhados pelo chão e tudo estava muito limpo”.

O pleito do último domingo também foi a pauta levantada pelo vereador Tenente Leomar. Ele ressaltou a “maneira limpa” como cada um defendeu a bandeira dos seus candidatos. O parlamentar afirmou que seu partido, o Democratas, passa agora por uma nova fase, tendo em vista a expressiva votação alcançada pelo partido no âmbito municipal. “Sem recursos, apenas com cara, coragem e credibilidade, hoje posso dizer que não somos mais uma bengala para partidos maiores”, comemorou.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Tio Deio, fez uso da tribuna para ressaltar o desejo por mudanças que fez com que a população elegesse novos e bons candidatos aos legislativos estadual e federal. Ele também aproveitou para comunicar que as obras de recuperação das estradas do município terão início “assim que o tempo firmar”.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

um × quatro =

%d blogueiros gostam disto: