Partido Novo, de João Amoêdo, se diz contrário ao PT

Postado por Ari Schneider  /   outubro 11, 2018  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

Entretanto, os representantes não declaram apoio a Bolsonaro em nota oficial

Em comunicado divulgado em seu Instagram, o Partido Novo declarou oficialmente que não apoiará nenhum candidato à Presidência neste segundo turno. A disputa segue entre Jair Bolsonaro, do PSL, e Fernando Haddad, do PT.

Os representantes do partido de João Amoêdo se mostraram totalmente contrários aos ideais do PT. Nos comentários, alguns seguidores se mostraram contrários à posição.

“O Novo não apoiará nenhum candidato à Presidência, mas somos absolutamente contrários ao PT, que tem ideias e práticas opostas às nossas”, diz a nota.

Com pouco mais de 2,7 milhões de votos, João Amoêdo, ficou em quinto lugar na disputa presidencial, à frente de nomes como Marina Silva, Henrique Meirelles e o senador Alvaro Dias.

Na segunda-feira, em entrevista ao Estado, Amoêdo chegou a elogiar o economista Paulo Guedes, coordenador econômico da campanha do capitão reformado. “Ele tem algumas ideias que se assemelham ao que defendemos, como mais liberdade econômica e privatização de estatais”, afirmou. “O problema é que essas propostas vêm do assessor econômico. Bolsonaro, como deputado, nunca foi um grande defensor dessas pautas”, disse.

No entanto, um dia depois, a sigla tomou a decisão de manter a neutralidade. “O cenário presidencial no segundo turno não é aquele que desejávamos. Manteremos nossa coerência e nossa contribuição se dará através da atuação de nossa bancada eleita”, informa o documento. Nessas eleições, a sigla elegeu oito deputados federais, onze estaduais e um distrital.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

17 + 3 =

%d blogueiros gostam disto: