Escola de Portão leva Festival da Canção no Harmonia

Postado por Ari Schneider  /   setembro 21, 2018  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

Após uma disputa acirrada de versos e melodias gaúchas, a EMEF Antônio José de Fraga venceu o “Festival da Canção ASJ: O Canto dos Tropeiros”

O festival aconteceu na tarde de terça-feira, dia 18. Com nota de 9.10, a escola liderou a disputa com a música “Tropeiro da Imaginação”. Os alunos, que integram o coral Nos Trilhos da Arte, deram um show de desenvoltura e encantaram com uma letra cheia de significados que mostra a visão de um garoto da cidade sobre a vida no campo. “A escola se sobressaiu pela profundidade da abordagem ao cantar as desventuras de um menino que nasceu na cidade e, como dizem os próprios versos, conhece apenas tropas de carro a motor entrincheirados em um grande corredor”, pontuou o coordenador do projeto Luís Fernando Alves da Silva. O “Festival da Canção: O Canto dos Tropeiros” é uma realização da Associação dos Servidores da Justiça por meio de seu Departamento de Tradições Gaúchas Morro da Tapera. “É um orgulho receber as escolas aqui. Mais do que uma disputa, temos um momento de grande integração e amizade”, completou o presidente da ASJ e patrão do DTG, Paulo Olympio.

Professora de artes da Escola Municipal Antônio José de Fraga, Jaqueline Nunes acompanhou os alunos ao vilão e disse que a vitória coroa o esforço das crianças que trabalharam no projeto. “Estavam todos muito nervosos, mas foi tudo muito bom. Queria parabenizar as outras equipes porque a disputa foi realmente acirrada aqui hoje”.

Em segunda colocação, ficou a Escola Municipal David Canabarro, de Canoas, com nota de 8.52 com a música “Mulher Tropeira”, que abordou a ação feminina no campo. Em terceiro lugar, ficou a Escola Estadual Jerônimo de Albuquerque, de Porto Alegre, com 8.33, cantando sobre a vida simples dos tropeiros.

O festival ocorreu ao longo do Acampamento Farroupilha 2018 com etapa classificatória. A grande final foi realizada na terça-feira com piquete lotado de visitantes e estudantes que vieram ao Acampamento Farroupilha torcer por seus colegas. A escola vencedora foi a que obteve maior pontuação após o somatório de três notas: júri da patronagem, júri técnico e júri popular. A avaliação técnica ficou a cargo do músico Teixeirinha Filho. “A minha nota a todos é dez. Pela vontade, pela coragem e como um incentivo para que continuem procurando conhecer mais a nossa história, nosso folclore e a nossa cultura”.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

5 × um =

%d blogueiros gostam disto: