Estância Velha sediou a 6º etapa da 14º Copa União de Ciclismo

Postado por Ari Schneider  /   setembro 15, 2018  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

O campeonato tem 10 etapas e a próxima será em Sapiranga no dia 14 de outubro

No início da manhã do último domingo, dia 9, o céu estava nublado, mas, em seguida, o sol foi o convidado especial dos 86 ciclistas que participaram em Estância Velha da 6º etapa da 14º Copa União de Ciclismo.

O circuito se iniciou às 9h e a premiação ocorreu por volta das 14h. O percurso foi somente na Avenida Brasil, no trecho entre a Praça Walter Jacob Bauermann e o Fórum (cerca de 900 metros). Cada prova levava 15, 20 e 30 minutos ou até uma hora, conforme o nível. O principal critério avaliado foi a velocidade e no final de cada etapa foram classificados os cinco primeiros. As premiações foram medalhas e troféus.

As categorias disputadas foram: infantil, juvenil, estreante, speed elite feminino, handbike única (destinada a cadeirantes), paraciclismo C (ciclistas que possuem alguma deficiência física), amador speed 1º temporada, força livre, mountain bike feminino, mountain bike amador, mountain bike livre, mountain bike veteranos, master A (30 a 39 anos), master B (40 a 49 anos), master C (50 a 59 anos), veteranos A (60 a 69 anos), veteranos B (a partir de 70 anos) e elite.

Para o estanciense e vencedor da categoria elite, Tiago Richerd da Costa, 32, ganhar em casa sempre é mais gostoso. “O pensamento era positivo. A torcida estava grande com os meus familiares presentes. A sensação está sendo incrível”, destacou. O ciclista explicou que treinou bastante para a competição. Em Estância Velha treinava as subidas, em Novo Hamburgo e Campo Bom as curvas. “Todas as quartas-feiras treino aqui no Município. Durante todo o treinamento trabalhava sobre pressão e estratégias. Coloquei em prática na hora do circuito e deu certo”, ressaltou.

De acordo com o coordenador da Coordenadoria Municipal de Desporto (CMD), Enio Elias, há 12 anos Estância Velha não sediava um circuito de bicicletas. “Vivenciar esta experiência e interagir com todo o pessoal, desde os ciclistas até os organizadores foi fantástico. Estou recebendo retorno positivo e isto é o que motiva para continuar realizando eventos como este”, avaliou. Ele ainda aproveitou para falar que a ideia é seguir fazendo etapas na cidade.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

dezessete − 11 =

%d blogueiros gostam disto: