Agricultura familiar de Estância Velha tem novidades

Postado por Ari Schneider  /   setembro 02, 2018  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

Departamento de Agricultura do Município e Emater ampliam a variedade de alimentos produzidos pelos agricultores estancienses

O dia ensolarado da última quarta-feira, dia 29, contribuiu para a inauguração do uso do trator agrícola recebido do Estado por Estância Velha. A máquina será usada para demandas necessárias na agricultura familiar. Nos próximos dias também será recebida uma retroescavadeira nova. As máquinas foram adquiridas por meio de programas das esferas estadual e federal.

Além desta novidade, a Emater/RS-Ascar doou dois sacos de feijão, que foram divididos entre três agricultores dando início ao plantio no Município. O destino de consumo será merenda escolar e Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

A primeira beneficiada com a doação de feijão foi a agricultura Luciana Tsuneta, que avaliou este apoio à agricultura como essencial. “Trabalho há 12 anos na área e é a primeira vez que estou recebendo um incentivo que me dá vontade de seguir em frente. Me criei na roça e hoje trabalho com meu marido”, comentou. Segundo Luciana, o foco deles são hortaliças, bananas, moranguinhos e a partir de agora, o feijão.

A segunda família que recebeu o feijão foi a Feldmann. A filha do casal, Mônica, disse que este estímulo serve não só para ela, como também para o seu filho de 15 anos. “Ele já nos ajuda e cuida dos seus próprios bichinhos”, relatou. Na opinião dela, o incentivo serve para o filho também, pois no futuro é ele que cuidará de tudo. “Comer todo mundo precisa, isso nunca vai deixar de existir”, opinou.

O terceiro e último beneficiado Noedir José Salla, contou que se não tiver apoio da prefeitura e da Emater não tem como seguir na produção de alimentos. “Nasci e me criei na agricultura, quero continuar minhas atividades. Fico muito feliz com esta ajuda”, revelou.

De acordo com o secretário do Meio Ambiente e Preservação Ecológica, Edenilson Klaus, a diversificação dos cultivos começou em 2017 com a introdução de banana prata e moranguinho no cotidiano das famílias de agricultores. “A variedade da produção na nossa agricultura familiar nos dá a oportunidade de adquirirmos alimentos de ótima qualidade tanto para a merenda escolar quanto para o PAA. Também oportuniza à nossa população, o acesso a esses alimentos”, completou.

Já a prefeita Ivete Grade, que acompanhou a distribuição do feijão, disse que desde o ano passado o trabalho de incentivo aos agricultores se intensificou por meio da Lei de Incentivo à Agricultura Familiar. “É fundamental o apoio aos agricultores, pois é por meio do trabalho deles que toda a comunidade tem seus alimentos na mesa para seus filhos. Por isso não medimos esforços para apoiá-los”, destacou.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

20 + 13 =

%d blogueiros gostam disto: