Projeto de Lei que proíbe a contratação de parentes de prefeitos e vereadores causa polêmica em Estância Velha

Postado por Ari Schneider  /   julho 22, 2018  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

Apesar disso, o PL 43/2018 foi aprovado por unanimidade na sessão da última terça-feira

 

 

 

 

 

 

O Projeto de Lei nº 43/2018, de autoria do Executivo Municipal, dispõe sobre a proibição de contratar empresário, sociedade empresária, ou sociedade civil de que seja sócio companheiro, cônjuge ou parente de prefeito, vice-prefeito e vereadores. A matéria gerou polêmica na sessão plenária da última terça-feira, dia 17. O vereador Diego Francisco (PSDB) disse que o projeto lhe parece uma perseguição pessoal, tendo em vista que seu pai presta serviços à Prefeitura.

A vereadora Veridiana Monteiro (PSB), que teve uma emenda ao PL aprovada, não concordou com a manifestação do colega. Assim como o vereador Saci (PSB), que afirmou que a Lei valerá para todos os nove parlamentares.

Os vereadores do PSB também tiveram voz ativa durante a fala na tribuna. Veridiana citou a situação caótica da emergência do Hospital Municipal. Propôs melhorias na estrutura física do local e maior atenção ao atendimento pediátrico. A vereadora espera que a abertura do PA alivie os problemas. Já o vereador Saci cobrou uma melhor assistência aos moradores de rua do município, tendo em visto que os mesmos, além de estarem em situação de risco, muitas vezes também atormentam o bem-estar dos outros cidadãos.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

5 − dois =

%d blogueiros gostam disto: