Procuradoria da Mulher apresenta campanha ao presidente da Fundação de Saúde de NH

Postado por Ari Schneider  /   julho 01, 2018  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

Vereadora Patrícia Beck reunida com diretor-presidente e diretora de Gestão da Fundação de Saúde de Novo Hamburgo

Na manhã de terça-feira, 26 de junho, a procuradora especial da Mulher da Câmara Municipal de Novo Hamburgo, a vereadora Patricia Beck (PPS), a servidora Carolyne Andersson e o Relações Públicas da Câmara, Alexsander Penz Mendes, estiveram no Hospital Geral de Novo Hamburgo, onde foram recebidos pelo diretor-presidente da Fundação de Saúde de Novo Hamburgo, Rafaga Fontoura, e pela diretora de Gestão da instituição, Úrsula Vogel. No encontro, a parlamentar entregou material de divulgação sobre a campanha contra a violência doméstica intitulada “Fale agora ou podem te calar para sempre”, promovida pela Procuradoria da Mulher da Casa legislativa.

Novo Hamburgo é o quinto município com mais tentativas de feminicídio no Estado entre 2013 e 2017, somando 46 casos. Quando analisados números de homicídios consumados contra mulheres, no período de 2012 a 2017, a cidade ocupa a sexta posição, totalizando 12 ocorrências, conforme dados da Secretaria da Segurança Pública do Rio Grande do Sul. Grande parte desses crimes ocorre no ambiente familiar. Os números alarmantes motivaram a Procuradoria Especial da Mulher de Novo Hamburgo a lançar essa campanha contra a violência doméstica. O material gráfico, divulgado em coletiva de imprensa no 12 de junho, realizada na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL NH), mostra uma jovem noiva com o rosto com vários ferimentos e os telefones 3594-0560 e o Disque 180. Além dos materiais gráficos, a Procuradoria Especial da Mulher criou um site especial para que as vítimas possam encontrar as informações necessárias para realizar suas denúncias, assim como localizar as redes de apoio.

A servidora Carolyne também esteve na mesma manhã na sede da Companhia Municipal de Urbanismo – Comur, onde foi recebida pelo diretor-geral da autarquia, Joel Gross, para entregar o material de campanha. Patricia Beck e Carolyne Andersson estão realizando uma série de visitas a instituições públicas para divulgar a campanha.

Feminicídio
O feminicídio foi incluído no Código Penal pela Lei Federal nº 13.104/2015 como circunstância qualificadora do crime de homicídio, sendo caracterizado como o ato cometido contra a mulher em razão de seu gênero. Estatísticas divulgadas em 2015 pelo DataSenado apontam que uma em cada cinco mulheres declara já ter sofrido algum tipo de violência. Dessas vítimas, 26% ainda convivem com o agressor. Patricia Beck destacou que é justamente de encontro a essas estatísticas que foi lançada a campanha, em um esforço para alterar a realidade e auxiliar as vítimas a quebrarem o silêncio.

Procuradoria Especial da Mulher da Câmara Municipal de Novo Hamburgo
Procuradora: vereadora Patricia Beck
Apoio: servidora Carolyne Andersson
Local de atendimento: Rua Almirante Barroso, 261 – Térreo
Telefone de contato: (51) 3594-0560
Horário de atendimento: de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

2 × quatro =

%d blogueiros gostam disto: