Número de pacientes que não comparecem para consultas é grande

Postado por Ari Schneider  /   Maio 17, 2018  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

Vereador Jovelino sugere criação de lei para punir as irresponsabilidades

A Vereadora Lori aproveitou a tribuna para contar que, em uma conversa com o diretor do Hospital de Montenegro, descobriu que, apenas no mês de abril, 18 pacientes não compareceram na data e horário previstos para os atendimentos em especialidades. O prejuízo com a ausência dos pacientes sem aviso prévio foi de R$ 720,00. A única cota mensal de endoscopia também foi desperdiçada pela paciente que a solicitou.

Além disso, diversas pessoas confirmaram lugar no transporte que leva os pacientes a Porto Alegre e não compareceram ao ponto de encontro. Outro grave problema diz respeito aos pacientes que marcam os exames, os realizam, porém não retiram os resultados junto ao laboratório ou Secretaria da Saúde.

O vereador Jovelino também lembrou que há alguns dias, em uma entrevista, afirmou que os setores mais cobrados pelas pessoas na rua são justamente as secretarias de saúde e obras. "Vocês viram que há muitas pessoas que marcam os exames e não os retiram, mas se não é marcado o exame elas abrem a boca contra a administração, colocam no Facebook e falam o que não devem falar", afirmou o parlamentar. "Além disso, ela tira o lugar de uma outra pessoa que realmente necessitava", concluiu.

O vereador também sugeriu a criação de uma lei, por parte do Poder Executivo, para fazer a cobrança do valor das consultas as quais a pessoa não comparece. Disse que, se criado este projeto, seu voto será favorável.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

seis + 9 =

%d blogueiros gostam disto: