Recuperação de vias é interrompida por falta de matéria-prima

Postado por Ari Schneider  /   maio 10, 2018  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

Redução da produção de cimento asfáltico já provoca efeitos em outros municípios

A Prefeitura de Novo Hamburgo informa que os serviços de recuperação da malha viária do município estão temporariamente interrompidos neste mês de maio. O motivo é a suspensão no fornecimento da matéria-prima CAP (Cimento Asfáltico de Petróleo) fornecido pela Refinaria Alberto Pasqualini (Refap).

A suspensão da produção do asfalto acontece em razão de uma manutenção em duas unidades da Refinaria, sendo que os estoques disponíveis já se esgotaram. Em comunicado, a Petrobras, administradora da Refap, projeta para o dia 14 o reinicio da produção do CAP, mas não informa o prazo para a normalização do fornecimento da matéria-prima.

Os serviços de recuperação da malha viária no município serão restabelecidos assim que o fornecimento da matéria-prima estiver normalizado.

Além de Novo Hamburgo, a redução da produção do CAP já provoca efeitos em outros municípios e também em obras do Estado, conforme comunicado emitido pela EGR.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

sete + seis =

%d blogueiros gostam disto: