Prefeita visita obra da Corsan e pede agilidade à estatal

Postado por Ari Schneider  /   maio 02, 2018  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

A preocupação está na segurança de quem utiliza o trecho do desvio e rota que está em obras

Na manhã da segunda-feira, 30, a prefeita Ivete Grade visitou novamente a obra que está sendo feita pela Corsan na Avenida Campo Grande, entre a Rua Portão e Avenida 1º de Maio. A prefeita estava acompanhada pelos secretários de Obras; Administração e Segurança Pública; pela Guarda Municipal e Defesa Civil; além de representante da Corsan e da empresa que está realizando a obra.

Na oportunidade a prefeita reiterou pedido de agilidade na obra. Segundo ela, mesmo que a Secretaria Municipal de Obras (SMO) esteja fazendo manutenção constante no trajeto do desvio da obra – na Avenida 1º de Maio até a Rua 13 de Maio -, é imprescindível que a Avenida Campo Grande seja liberada o mais breve possível. "Sabemos que não há como ter obras e trânsito no trecho ao mesmo tempo, porque há riscos de acidentes. Neste momento o que visamos é a segurança de todos que utilizam tanto o trecho do desvio quanto o que está em obras", disse, justificando o pedido de agilidade.

A prefeita destacou que está atenta ao andamento da obra. "Vim acompanhar de perto tudo que está sendo feito e não é a primeira vez. Entendi que está gerando um transtorno, mas é para a melhoria do Município e mais cedo ou mais tarde teria que ser feito. Já conversei com os responsáveis mais de uma vez, tanto em visita aqui no local como em reuniões no gabinete e enfatizei o pedido de agilidade para a finalização deste processo", disse.

A secretária da Secretaria Municipal de Administração e Segurança Pública (Semasp), Aurea Bauer e o comandante da GM, Alex Ulmann ressaltaram que estão atentos a situação no desvio e estão trabalhando constantemente para evitar incidentes na via. "Recebemos denúncias de que motoristas estariam passando pelo local em alta velocidade, por isso, estaremos intensificando a atenção no local, onde está determinada velocidade entre 20 e 40 km/h para transitar. O principal objetivo é garantir a segurança de todos que passam pelo trajeto", destacaram.

O supervisor geral da empresa responsável pela obra, Antônio Mendes Alexandre, afirmou que a equipe irá trabalhar todos os dias, exceto feriados e com condições climáticas adversas. "As equipes trabalharão direto, para dar continuidade e finalizar a obra conforme solicitado pela prefeita, o que vai fazer com que a Avenida fique fechada das 8h às 17h30 também nos finais de semana", ressaltou.

O gestor da Corsan Estancia Velha/ Portão, Marco Henrique Prade, disse que o local terá bloqueio até a conclusão da obra, mas lembrou que o Município precisa passar por este período porque está no plano de saneamento e se não realizar a obra perde recursos federais. "Estância Velha já tem 70% das redes previstas instaladas. Essa melhoria está dentro do plano de saneamento então precisamos fazer. Conversamos com a prefeita, que reiterou o pedido de agilidade e vamos trabalhar dentro das possibilidades para resolver isso", falou.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

1 × quatro =

%d blogueiros gostam disto: