Avança edital do Banco Interamericano de Desenvolvimento para obras no Centro

Postado por Ari Schneider  /   março 19, 2018  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

Dois consórcios se candidataram para a execução das melhorias na área central

A revitalização da área central de Novo Hamburgo está mais próxima. A Licitação Pública Nacional (LPN) para aplicação de uma parcela dos recursos do empréstimo junto Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) avançou, na segunda-feira, 12, com a candidatura de dois consórcios, um formado pelas empresas Pavicon Construtora e Pavimentadora, Construsinos Indústria e Comércio de Artefatos de Cimento e a Instaladora Mercúrio e outro formado pelas prestadoras de serviços Encopav Engenharia e Coesul Pavimentação, Terraplanagem, Mineração, para a execução das obras.

Os consórcios entregaram a documentação exigida no processo licitatório e a proposta financeira para a realização do projeto, que inclui a pavimentação, sinalização viária, urbanização, modernização de redes de saneamento e drenagem, rede elétrica e de iluminação na Praça do Imigrante, no Calçadão Osvaldo Cruz e em mais nove ruas centrais no entorno dos logradouros.

“O próximo passo da licitação é a avaliação, por parte de uma equipe técnica da Prefeitura e um consultor do BID, da documentação entregue pelos consórcios e a elaboração de um relatório, que será enviado ao banco, para posteriormente homologarmos os responsáveis pela execução das obras”, explica Rodrigo Costa de Souza Lima, diretor de Desenvolvimento.

As obras de revitalização do Centro fazem parte do Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado (PDMI) de Novo Hamburgo. Estes recursos são específicos e destinados exclusivamente às obras do BID, não podendo ser redirecionados ou utilizados para outras áreas.

O município aplicará o plano de melhorias da área central por meio do programa Procidades, uma linha de crédito do BID destinada a financiar obras de infraestrutura urbana. No ano passado, a atual gestão negociou a recuperação do contrato com o banco, em articulação com o Ministério do Planejamento. Com a nova configuração urbana, o projeto trará melhor qualidade de vida aos moradores, incentivando ainda a economia local e o turismo.

Além do Calçadão Osvaldo Cruz, outras nove vias de acesso fazem parte do plano de readequação de espaços públicos: Avenida Pedro Adams Filho, Rua Cinco de Abril, Rua David Canabarro, Rua Joaquim Nabuco, Rua Lima e Silva, Rua Magalhães Calvet, Rua Cidade de Atlântida e Avenida Primeiro de Março, mais o Largo Povo de Canelones.

O planejamento urbanístico e de paisagismo tornará o Centro mais dinâmico e funcional. Um chafariz interativo será uma das atrações a serem implementadas na Praça do Imigrante, além de outras soluções de mobilidade para pedestres e veículos, além de atrativos para as mais diferentes faixas etárias, tanto na Praça como no Calçadão.

Ainda estão previstas intervenções como sinaleiras inteligentes e iluminação em lâmpadas de LED. Além disso, haverá novos banheiros públicos e recursos de acessibilidade universal, como piso podotátil (faixas em alto-relevo no chão), e rampas de acesso.

O montante do empréstimo recuperado com o BID pela Gestão Fátima Daudt, para execução de melhorias no Município, corresponde a US$ 23,910 milhões.

Foto: Praça do Imigrante está entre as obras

Livre de vírus. www.avast.com.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

6 + onze =

%d blogueiros gostam disto: