Campo Bom conquista 300 moradias do Minha Casa, Minha Vida

Postado por Ari Schneider  /   março 12, 2018  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

Município cedeu uma área de terra de 157.300m², onde será localizado o loteamento Morada dos Sonhos 

 

O Ministério das Cidades autorizou a contratação de 300 unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida Entidades para Campo Bom, destinadas ao loteamento Morada dos Sonhos. A confirmação aconteceu no dia 28 de fevereiro, com a publicação no Diário Oficial da União da portaria 162/2018, que divulgou as propostas habilitadas para contratação de empreendimentos com recursos do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS) em Campo Bom. 

. “Desde que assumimos a Administração Municipal, firmamos o compromisso de investir em habitação, uma área que governos anteriores do município relegaram a segundo plano. Sabemos da importância e queremos garantir o direito do cidadão de ter sua casa, pois isso implica diretamente em sua dignidade. Esses móveis serão disponibilizados através da Cooperativa Habitacional Multipla, responsável pela execução do projeto”, define Orsi. Segundo a Multipla, a cooperativa já possui 420 pessoas cadastradas para participarem de programas de habitação. 

O secretário de Desenvolvimento Social e Habitação Eduardo Assmann, explica que em abril a Prefeitura irá promover um novo cadastro de moradores para se habilitarem para futuros programas habitacionais. “Mesmo quem já possuí cadastro na Prefeitura deve atualizar os dados. Existem, inclusive, terrenos e unidades habitacionais em via de serem retomados pelo Município por inadimplência e que devem ser redistribuídos para as pessoas que se enquadrem nos parâmetros da Caixa Econômica Federal”, define o secretário. 

O loteamento Morada dos Sonhos beneficiará famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil que estejam devidamente inscritas no Cadastro Único do Governo Federal. O Minha Casa, Minha Vida Entidades foi criado em 2009 com o objetivo de tornar a moradia acessível às famílias organizadas por meio de cooperativas habitacionais, associações e demais entidades privadas sem fins lucrativos.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

5 + dez =

%d blogueiros gostam disto: