Georreferenciamento chega em Estância Velha

Postado por Ari Schneider  /   fevereiro 26, 2018  /   Postado em @destaque-foto  /   Nenhum comentário

Nesta quinta-feira, 22, o auditório do novo Centro Administrativo foi palco para uma pauta especial: georreferenciamento, ou seja, novo mapeamento e cadastro das casas no Município. A reunião foi coordenada pelo diretor da empresa de cadastro imobiliário Metrocil, Iran Farinha.

De acordo com Farinha, a imagem atual de satélite da cidade já foi feita e o cadastro das casas será totalmente digitalizado e poderá futuramente ser acessado na internet. Para isso acontecer, haverá saídas de campo em todo o Município a partir da semana que vem. Essas visitas servirão para atualizar qualquer tipo de informação sobre o imóvel. Os primeiros bairros que serão contemplados são: Encosta do Sol, Sol Nascente e Lago Azul. O último a ser vistoriado será o Centro. “Esta etapa serve para realizar o geoprocessamento e assim, estudar a estrutura da cidade. Regularização fundiária, estudo de calçamento, viabilidade de transporte público e abertura de ruas são algumas das vantagens que o georreferenciamento nos traz”, salienta.

A secretária Municipal de Fazenda, Vanessa Eltz ressaltou que a ideia não é aumentar o valor dos impostos, mas sim ter todos os dados regularizados, atualizados e fáceis de acessar. A previsão é que até o final do ano todo este trabalho estará pronto.

O secretário Municipal de Planejamento Urbano, Carlos Weber, definiu o momento atual da cidade: “Estamos saindo de um período jurássico e partindo para uma era digital”.

Já o vice-prefeito Luciano Kroeff disse que os mapas antigos são tratados como verdadeiras relíquias. “Toda a atualização manual dá muito trabalho, vocês perceberão que esse sistema vai ser mais tecnológico e fácil”, afirma. Além disso, ele conta que faz mais de 20 anos que o sistema não é atualizado e será muito importante o processo de georreferenciamento. “Com isso vamos tentar equalizar esse problema e ter uma cartografia atualizada com o sistema digital”, conclui.

Sobre o trabalho

É importante destacar que a equipe da Metrocil estará devidamente identificada com colete, crachá e boné. Durante estas visitas, todas os cadastros e os dados do imóvel serão atualizados.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

três × cinco =

%d blogueiros gostam disto: