Vereador Sérgio Werle fala sobre seus projetos na Câmara

Postado por Ari Schneider  /   novembro 26, 2017  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

rgio Werle, que está há 10 anos em Estância Velhaparticipou de uma eleição pela primeira vez em 2012, ocasião qual não foi eleito. “Sempre participei pelo PMDB, obtive êxito na última eleição e, atualmente, sou presidente do partido”. O vereador elegeu-se com 557 votos.   

Sérgio conta que seu primeiro projeto foi em defesa dos animais. A proposta consiste em multa para quem praticar maus tratos aos animais. O projeto foi aprovado e já está sendo utilizado pela secretaria do meio ambiente. 

“Outro projeto que criei foi o “adote uma lixeira“, que também está em vigor. Estou entrando, hoje, com o projeto para recolher sucatas que ficam depositadas em nossas vias: a remoção de veículos abandonados ou estacionados em situação que caracteriza abandono. O objetivo é ter uma limpeza total das ruas”. Sérgio explica que o carro recolhido posteriormente vai para leilão, gerando recursos ao município. Existe um prazo para que o dono do veículo possa recorrer e, então, obter seu automóvel de volta, ficando sob sua responsabilidade depositá-lo em um pátio. Este projeto ainda não está em vigor, mas foi apresentado para votação. 

“Meu carro chefe é a saúde. Como em todo o Brasil, estamos passando dificuldades pelo pouco repasse dos Governos Estadual e Federal. Precisamos sempre estar buscando mais, porque a comunidade precisa”. 

Uma das principais propostas do vereador está ligada a atualização das mamografias atrasadas, que foram deixadas pela última gestão. O vereador colocou em pauta este assunto. A informação que o vereador obteve era que, desde de outubro de 2016, o mamógrafo (aparelho usado para efetuar o exame) estava estragado. O parlamentar tomou as providências necessárias para que fosse contratado um novo prestador de serviços para atualizar os exames pendentes e efetuar os novos exames. Pelo acordo com o novo prestador, será possível realizar 300 exames mensais, colocando em dia os 500 exames atrasados desde a gestão passada. 

Para o vereador, uma das atitudes que se deve tomar para um melhoramento significativo no atendimento à saúde é a cobrança com os funcionários desta área, para que desempenhem um serviço de qualidade. 

“Nunca antes estive no Poder Legislativo. Sempre trabalhei no executivo. Algumas coisas estou aprendendo, mas sei que tenho uma boa bagagem para somar”.  

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

cinco + dez =

%d blogueiros gostam disto: