Vereador Nor Boeno visita obras concluídas do Orçamento Participativo

Postado por Ari Schneider  /   novembro 26, 2017  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

Nesta semana, o vereador Nor Boeno (PT) esteve em Canudos para saber como está a vida das pessoas após a conclusão das demandas aprovadas pelo bairro por meio da etapa de 2010 do Orçamento Participativo, mecanismo de participação popular mantido pela Prefeitura de Novo Hamburgo, no qual cidadãos podiam pleitear recursos para reivindicações de suas comunidades.

Entre as demandas defendidas, estavam a construção de duas novas salas de aula na Escola Municipal de Ensino Fundamental Vereador Arnaldo Reinhardt e de um muro ao redor do colégio. “Eu me sinto feliz e realizado em ver a comunidade bem, porque, na época em que foi realizado o Orçamento Participativo, eu era presidente da Associação de Moradores da Vila Iguaçu”, comemorou o parlamentar. De acordo com a diretora da escola, Jaqueline Falkoski, para 2018 está prevista agora a abertura de uma nova turma para crianças de quatro a cinco anos.

Feliz com a construção do muro, Maico Buchanelli, 33 anos, que reside em frente à escola, comemora a conquista. “Para todas as pessoas que moram aqui perto foi bom porque os filhos dos moradores ficam mais seguros”, avaliou. “Ficou 100%. Muito melhor do que antes. O muro não dá mais para pular. O problema, agora, são os portões. Quando outros forem colocados, a escola estará bem mais segura”, acredita o morador ao se referir às invasões, furtos e depredações que aconteciam devido à pequena cerca que havia ao redor do colégio.

Também por meio do OP, a comunidade conseguiu o asfaltamento das ruas Alcídio Alonso Hinke, Ari Armando Schaker, Guido Gehm, Laura Terezinha Walter da Rocha e Marcia Rosane dos Santos, localizadas atrás dos Calçados Beira-Rio, no Loteamento Morada dos Eucaliptos. Moradora da localidade há mais de 30 anos, Dileta Rodrigues Muller sente-se satisfeita com a obra, primeira demanda do OP concluída. “Estou feliz da vida. Era a coisa que mais queria”, conta ela. “Ninguém acreditava que a gente ganharia, mas eu disse: não vou perder a fé”, recordou.

As demandas foram defendidas pelos moradores do Loteamento Eucaliptos, pela comunidade escolar da EMEF Vereador Arnaldo Reinhardt e pela Associação de Moradores da Vila Iguaçu, os quais conseguiram mobilizar número de pessoas suficiente para garantir os votos necessários para terem suas demandas como vencedoras.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

cinco × três =

%d blogueiros gostam disto: