Semape faz ação para combater o borrachudo

Postado por Ari Schneider  /   agosto 22, 2017  /   Postado em @destaque-foto  /   Nenhum comentário
Número de agricultores parceiros na aplicação subiu de 19 para 27.
Uma grande incidência de mosquitos borrachudos, neste inverno que não tem apresentado baixas temperaturas, fez com que a Secretaria de Meio Ambiente e Preservação Ecológica (Semape), em parceria com agricultores do município, reiniciasse esta semana a aplicação do inseticida biológico BTI para combater o inseto transmissor de doenças como dengue, febre amarela, chikungunya e zika virus.. A aplicação ocorreu em todos os arroios e córregos da cidade, tem o objetivo de eliminar o mosquito e será realizada a cada quinze dias.
Atualmente, são 27 parceiros na aplicação. No começo do ano eram 19. O calendário de aplicação prevê outra mobilização ainda no mês de agosto, no dia 31; para setembro a ação ocorre nos dias 14 e 28; para outubro nos dias 12 e 26; para novembro dias 16 e 30; e para dezembro nos dias 14 e 28.
Durante a aplicação do inseticida na propriedade de Enio Metz, no bairro das Rosas, na última quinta-feira, 17, a prefeita Ivete Grade, o secretário de Meio Ambiente e Preservação Ecológica, Edenilson Klaus, e o chefe do Departamento de Agricultura, Adenir Basso, acompanharam o trabalho.
Segundo o secretário Klaus, as equipes da Semape já notavam a incidência do mosquito neste inverno. “Como estamos tendo um inverno com clima quente, não houve o controle natural e o borrachudo já está se reproduzindo. Então resolvemos começar o combate já em agosto para que possamos ter, nos meses seguintes, a possibilidade de conviver sem o inseto em nossas casas”, explicou.
Para a prefeita Ivete, a participação da população nesta parceria de combate ao borrachudo é fundamental para que a cidade possa eliminar o inseto. “Nós não temos equipes para realizar a aplicação, mas podemos disponibilizar o inseticida, então, com a parceria da população, podemos melhorar ainda mais a qualidade de vida dos estancienses, especialmente os que moram próximos de córregos e arroios”, disse a prefeita.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

cinco × quatro =

%d blogueiros gostam disto: