Prefeitura busca mostrar à população sobre a importância da poda consciente no ambiente urbano

Postado por Ari Schneider  /   fevereiro 26, 2017  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

Uma campanha da Secretaria Municipal de Meio Ambiente busca conscientizar a população capelense sobre a forma correta de fazer a poda das árvores no ambiente urbano e em quais situações essa prática se justifica. Segundo os técnicos da SEMMA, a poda sempre é um trato desgastante para a árvore, pois, se mal conduzida, pode prejudicar o vegetal deixando-o vulnerável ao ataque de parasitas como fungos e cupins, devendo somente ser executada em casos especiais.
Ressalvados os casos excepcionais, a poda se justifica quando o vegetal apresenta ramos doentes ou mortos, ramos que conflitem com a fiação elétrica, ramos que atrapalhem o trânsito de pedestres e veículos e ainda quando ramos conflitam com edificações.
A maior preocupação da Secretaria de Meio Ambiente é a pratica da poda drástica de espécies nativas (quando a copa é totalmente removida) que é proibida pela legislação ambiental vigente e pode sujeitar ao executor às sanções previstas em lei. Além disso, a poda, quando considerada desnecessária, não só prejudica o vegetal podado, como também causa poluição de ruas e calçadas pelo aumento de galhos depositados de maneira irregular, em total desacordo com o Código de Posturas Municipal.
Visando melhorar esse quadro, foram listados 5 benefícios proporcionados pela arborização do ambiente urbano, para se trabalhar o tema com a comunidade e a rede municipal de ensino, especialmente durante o período de 1º de Maio até 31 de Agosto, período em que, culturalmente ocorrem as podas no município.
5 BENEFÍCIOS DAS ÁRVORES NO AMBIENTE URBANO
1: Protegem do sol e das chuvas e reduzem a poluição sonora;
2: Purificam o ar, capturando CO2 da atmosfera;
3: Servem de casa para muitos pássaros;
4: Embelezam os bairros, valorizando os imóveis;
5: Melhoram a qualidade de vida.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

doze − sete =

%d blogueiros gostam disto: