Arroio na Vila Kunz preocupa moradores

Postado por Ari Schneider  /   maio 21, 2015  /   Postado em @destaque-texto, Geral  /   Nenhum comentário

A falta de escoamento de um pequeno arroio que nasce numa área verde próximo a rua Adolfo Lutz, na Vila Kunz, Bairro Canudos, tem causado muitos transtorno para moradores das imediações. Anos atrás, o córrego desaguava em outro pequeno arroio que cortava as ruas Bauru e Adolfo Lutz, mas a medida que foram construindo casas e pavimentando ruas, as águas de referido arroio começaram a ficar represadas numa enorme vala. O problema se agrava quando chove e descem as águas tanto do morro da Adolfo Lutz quanto as da Bauru. Moradores contam que já solicitaram providências da Prefeitura, várias vezes, mas nada foi feito, nem uma limpeza no local para tentar desobstruir a passagem da água.
Maria Terezinha de Souza, 48 anos, moradora da rua Laurindo Rabelo, conta que mora no local há 44 anos. “Faz anos que a gente vem reclamando dessa situação”, conta, mostrando um enorme buraco na frente de sua residência. “A gente já foi na Prefeitura, mas nada acontece, já estou cansada de esperar. Só um milagre pode fazer com que eles venham aqui e arrumem este buraco, onde começa o arroio. Quando chove a água que vem da rua de cima invade o meu terreno 50 centímetros e entra água na minha casa. Isso toda vez que chove forte. Já fiz um muro, gastei com pedras, mas olha o que aconteceu com o muro, está caindo; quanto dinheiro já gastamos com este muro. A gente paga um imposto tão caro e quando precisa dos serviços da Prefeitura eles não aparecem. Sem tirar que, isso aqui é uma fabrica de criação de mosquitos, pode olhar é o esgoto correndo céu aberto o dia inteiro. Concordo com a minha vizinha, a Prefeitura gasta uma fortuna em publicidade, a gente acompanha nos jornais onde eles fazem propaganda contra a dengue. Mas o que adianta, eles não vivem o que pregam. Eles deveriam dar o exemplo e olha só como está isso aqui. É um descaso total com todos os moradores.”
Oracélia Mathias, 48 anos, também mora há mais de 30 anos naquele local. “Toda vez que chove forte a água desse arroio entra na minha casa, já perdi vários móveis com água entrando 40 centímetros na minha casa. Tem vizinhos que despejam o esgoto nesse arroio, e quando a agua entra aqui, é o próprio esgoto que está entrando na minha casa, não aguento isso mais. Alguém precisa fazer alguma coisa, é por isso que chamei vocês. Faz mais de um ano que ninguém vem limpar isso aqui, tem ratão do banhado, aranha. Mosquitos então, nem se fala. Ao anoitecer só faltava levar a gente, tanto mosquito tem aqui e é aquele mosquito branco e preto listrado. Fui varias vezes reclamar na Prefeitura, levei fotos de como fica minha casa nos dias de chuva. Ninguém apareceu. Nos domingos a gente quer fazer um churrasquinho aqui em casa e não dá para aguentar o cheiro do esgoto correndo céu aberto. Fui denunciar no meio ambiente e nada aconteceu. Este valo tem mais de 30 anos, e sofremos muito com essa situação aqui em casa. Isso tudo aqui é área verde. Pode ver que a água é propícia para se criar o mosquito da dengue, o que adianta a Prefeitura gastar uma fortuna com publicidade pedindo para a gente cuidar com a água parada se eles não fazem a parte deles. É dinheiro jogado fora.”

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

20 − dez =

%d blogueiros gostam disto: