Feevale apresenta proposta para implantação do curso de Medicina

Postado por Ari Schneider  /   dezembro 23, 2014  /   Postado em @destaque-foto, Geral  /   Nenhum comentário

A Universidade Feevale apresentou na segunda-feira (22), a proposta para implantação do curso de Medicina e a construção do Centro Integrado de Especialidades em Saúde (CIES). A apresentação, realizada no Teatro Feevale, contou com a presença dos prefeitos dos municípios parceiros do projeto de implantação do curso, Luis Lauermamm, de Novo Hamburgo; Faisal Karam, de Campo Bom; Sérgio Delias Machado, de Araricá; Tânia Terezinha da Silva, de Dois Irmãos; e Corinha Beatris Ornes Molling, de Sapiranga; além de médicos e representantes de hospitais da região.
Também participaram da apresentação a reitora da Feevale, Inajara Vargas Ramos, a pró-reitora de Extensão e Assuntos Comunitários da Universidade, Gladis Luisa Baptista, e a secretária de Saúde de Novo Hamburgo, Suzana Ambros Pereira. Segundo a reitora Inajara, a implantação do curso de Medicina é um reflexo do desejo da comunidade. “A vontade germinada na comunidade nos movimentou para criar essa proposta. A Medicina é mais uma motivação para a Feevale, pois todos os ganhos que a comunidade tem, a Universidade recebe em dobro”, disse.
Conforme Lauermamm, a implantação do curso e a construção do CIES proporcionará um grande desenvolvimento. “Com certeza, o trabalho de articulação que tivemos na Prefeitura junto ao Governo Federal, apoiados nos projetos da Secretaria de Saúde e da Fundação de Saúde Pública de Novo Hamburgo, bem como da Universidade Feevale, proporcionará um grande desenvolvimento e um dos mais importantes avanços para a área da saúde. Estamos em uma busca constante pela qualificação dos serviços públicos de saúde para cada vez mais melhorar o atendimento à população.” Já para a secretária de Saúde de Novo Hamburgo, será fundamental a integração entre os futuros acadêmicos de Medicina e a comunidade. “Temos a tarefa de formar médicos dentro daquilo que nós acreditamos ser a Medicina, que vai de encontro a população. Temos o desafio de colocar nos estudantes a vontade de aprender e participar da comunidade. Me sinto segura por saber que a Feevale tem condições de formar médicos e cidadãos e que teremos excelentes alunos”, declarou.

Sobre o Centro Integrado de Especialidades em Saúde
Em 2015 serão iniciadas as obras de remodelação de um prédio adquirido recentemente e que abrigará o Centro Integrado de Especialidades em Saúde (CIES). Localizado junto ao Câmpus II, em Novo Hamburgo, o espaço terá cerca de 3.300 m² de área construída e possibilitará um incremento no número de atendimentos que a Instituição presta à comunidade na área da saúde.
O Centro contará com uma área assistencial que comportará, além das especialidades médicas, atendimentos de quiropraxia, fisioterapia e nutrição, bem como consulta farmacêutica e intervenção com profissionais de Educação Física e Enfermagem. Também haverá um espaço para análises laboratoriais clínicas e, como forma de promover a integração entre o ensino e o serviço na área da saúde, estão previstas salas de estudos, de professores e de aula, auditório e espaço de coworking.
A disponibilização da estrutura física é um dos compromissos assumidos pela Universidade Feevale para a implantação do curso de Medicina. A Instituição elaborou, juntamente com a Prefeitura de Novo Hamburgo, um projeto que envolve, ainda, os municípios de Campo Bom, Dois Irmãos, Ivoti e Sapiranga. A composição final do projeto depende de indicadores que serão apontados no edital que o Ministério da Educação (MEC) destinará às instituições de ensino e suas mantenedoras, o qual deverá apresentar, em definitivo, as exigências necessárias para a implantação do curso.

Sobre o curso de Medicina
O projeto prevê a oferta de três programas de residência já no primeiro ano de implantação do curso. A Universidade Feevale também deverá oferecer uma vaga de residência para cada aluno formado pelo curso e contribuirá para que o hospital público alcance as condições de hospital de ensino, certificando-o.
Inicialmente, serão oferecidas 60 vagas, em três áreas prioritárias: Atenção à Saúde, Gestão em Saúde e Educação em Saúde. A Feevale pretende formar médicos com perfil generalista, humanista, crítico e reflexivo, competentes para o exercício da Medicina. Os profissionais deverão atuar na prevenção, na proteção, no diagnóstico e no tratamento das demandas de saúde, nos âmbitos individual e coletivo, com base em princípios éticos e bioéticos, e na perspectiva da integralidade da assistência ao ser humano.
A proposta do curso é para turno integral, com duração de 7.550 horas. Na estrutura estão previstos, além do Centro Integrado de Especialidades em Saúde, um Laboratório de Técnica Operatória e um Laboratório de Simulação. Entre os princípios da formação está a integração com os serviços de saúde da região; a articulação entre conhecimentos teóricos e práticos; a integração entre ensino, pesquisa e extensão; e a participação ativa do acadêmico no processo ensino-aprendizagem.

Fonte: Assessoria Feevale

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

três × quatro =

%d blogueiros gostam disto: