MP de Ivoti recebe relatório da CPI da Água

Postado por Ari Schneider  /   novembro 27, 2014  /   Postado em @destaque-foto, Geral  /   Nenhum comentário

No início da tarde de segunda-feira (24), os vereadores Roberto Schneider e Paulo Führ, presidente e relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou as denúncias de irregularidades na Autarquia Água de Ivoti, estiveram reunidos com o promotor Wilson Luis Grezzana, do Ministério Público (MP) local. Eles foram entregar em mãos o relatório final da CPI, que foi aprovado na Câmara em sessão do dia 12 de novembro. Além do documento oficial do Legislativo Municipal, também foi entregue outros cadernos contendo cópias de todos os documentos gerados pela comissão em oito meses de trabalho da CPI e um relatório feito pela vereadora Verônica Dhein, que também integrou a CPI e votou contrário a sua aprovação. A vereadora, inclusive, deveria ter acompanhado os colegas na reunião no MP, mas não compareceu. No início da próxima semana, os vereadores Schneider e Führ deverão entregar cópia do relatório da CPI ao Ministério Público de Contas do RS, em Porto Alegre.
Presidente da Câmara e da CPI, Roberto Schneider espera que seja feita justiça e que o MP possa averiguar os fatos “e também confirme que a comissão realizou seu trabalho sem plantar fatos e sim apontando aquilo que lhe foi passado”. Roberto observa que outra CPI poderá ser instaurada para averiguar outras questões relacionadas ao mesmo tema, mas que não se enquadravam no objeto de estuda da presente CPI.
A Comissão Parlamentar de Inquérito foi criada no início do mês março; na mesma ocasião, o Ministério Público instaurou inquérito civil para investigar supostas irregularidades em algumas contratações da Autarquia Água de Ivoti. Entre as justificativas dos vereadores para abertura da CPI estavam as muitas cobranças da comunidade. No início do mês de junho as testemunhas começaram a ser ouvidas. A CPI concluiu que pode ter havido direcionamento na licitação que definiu a “empresa especializada em serviços de consultoria e assessoria para dar apoio ao Município no planejamento e organização da autarquia Água de Ivoti”. Outro problema apontado pela CPI diz respeito ao não cumprimento por parte de empresa contratada pela Autarquia Água de Ivoti de todos os serviços “e mesmo assim recebeu todo o valor do contrato”.
O relatório, com votos favoráveis de Roberto Schneider e Paulo Führ e voto contrário de Verônica Dhein, se encerra assim: “Face ao todo exposto, em função da prática das irregularidades investigadas e comprovadas entendo que deva o presente relatório e cópia dos autos da Comissão Parlamentar de Inquérito ser remedida para o Representante do Ministério Público da Comarca de Ivoti e ao Representante do Ministério Público de Contas do Tribunal de Contas (…)”.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

quinze − dois =

%d blogueiros gostam disto: