Noia assume vice-liderança da Copa Metropolitana

Postado por Ari Schneider  /   outubro 23, 2014  /   Postado em Geral  /   Nenhum comentário

Com uma vitória de 2 a 1 sobre o 15 de Novembro, na noite de quarta-feira (22), no Estádio Sady Schmidt, em Campo Bom, o Novo Hamburgo assumiu a vice-liderança da Copa Metropolitana.   Rafinha marcou os dois gols que levaram o Noia aos 21 pontos. Agora, a equipe de Marcelo Mabília está um ponto à frente do Inter, terceiro colocado, e a dois do líder São José. O Noia, que já está garantido nas semifinais, ainda pode encerrar a primeira fase na liderança, pois na última rodada enfrentará o Zequinha, neste sábado (25), às 16h, no Estádio Passo D’Areia, em Porto Alegre.

A partida entre 15 de Novembro e Novo Hamburgo foi marcada pela grande quantidade de cartões amarelos aplicados e por cinco expulsões, sendo duas pelo lado do Tricolor campo-bonense e outras três pelo lado do Anilado. Aos 33 minutos da primeira etapa, Max e Calyson se estranharam e acabaram expulsos pelo árbitro Charles Martins Lemos. Quando a partida já se encaminhava para o intervalo, Celsinho recebeu o segundo cartão amarelo e também foi deixou o campo mais cedo.

Mesmo com um homem a menos, a equipe anilada não se intimidou e partiu para o ataque, com o apoio da torcida que compareceu ao Sady Schmidt. Aos 17min do segundo tempo, Rafinha bateu falta para dentro da área. Brito cabeceou e o zagueiro do 15 interceptou a bola com a mão. O árbitro marcou pênalti, que Rafinha converteu. Noia 1 a 0. Aos 26min, o zagueiro Wagner tentou sair jogando e acabou entregando a bola nos pés de Rafinha. O camisa 9 avançou em velocidade e chutou firme, cruzado, no canto direito de Guiga para ampliar o placar. O Tricolor campo-bonense descontou aos 39min em cobrança de pênalti de Colissi. Na comemoração, Colissi foi buscar a bola no fundo da rede, agrediu o goleiro Rafael e foi expulso. O Novo Hamburgo ainda perdeu o volante Baiano. O jogador, que entrou no lugar de Warley aos 45min, recebeu o cartão vermelho direito dois minutos depois.

15 DE NOVEMBRO: Guiga; Rodrigo, Wagner, Jonathan e Elivelton (Hiago); Savio (Jardel), Max, Carioca (Albert) e Gustavo; Vinicius e Colissi. Técnico: Edson Rosa.

NOVO HAMBURGO: Rafael; Celsinho, Brito, Maury e Peixoto; Paulo Vinicius (Luan), Warley (Baiano), Fabinho e Calyson; Paulista (Lucas Crispim) e Rafinha. Técnico: Marcelo Mabília

Fonte: Assessoria ECNH

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

17 − oito =

%d blogueiros gostam disto: