IEI recebe o Prêmio Sinpro de Educação 2014

Postado por Ari Schneider  /   outubro 23, 2014  /   Postado em @destaque-texto  /   Nenhum comentário

Graças ao seu excepcional trabalho em âmbito social, o Instituto de Educação Ivoti (IEI), por meio da disciplina extracurricular de Práticas Comunitárias, foi contemplado com o Prêmio Sinpro de Educação RS 2014. O projeto ficou entre os três finalistas e venceu na Categoria “Instituição”. A solenidade de entrega dos troféus aconteceu na noite de sexta-feira (17), no Centro Cultural Erico Verissimo, em Porto Alegre.

A professora Debora Nunes, que coordena o Grupo de Práticas Comunitárias, agradeceu em seu nome e dos 22 jovens que atualmente participam da disciplina de Práticas Comunitárias. “O reconhecimento da nossa instituição pelos trabalhos que desenvolve na área humanística, neste ano em que comemoramos 105 anos de existência, nos deixa muito alegres. Muito obrigada a todos que votaram, às entidades que abrem as suas portas para que possamos levar o nosso carinho e atenção e muito obrigada a Deus por permitir que tenhamos sempre força para seguir em frente”, disse.

 

Práticas Comunitárias

O grupo de Práticas Comunitárias surgiu em 1984, como uma modalidade de organização do serviço voluntário permite que os alunos, junto com a coordenação, definam as atividades a serem desenvolvidas no projeto. Com as Práticas, a escola oportuniza aos jovens espaços de ação solidária em instituições sociais e educacionais da região, contribuindo na construção da justiça social, na valorização da vida e na constituição de uma sociedade menos violenta e mais amorosa. A disciplina envolve a ação direta nas instituições, aulas reflexivas (semanais) e divulgação dos resultados nas instituições onde o serviço voluntário é realizado, no próprio Instituto de Educação Ivoti, eventos locais e regionais e meios de comunicação em geral. O público-alvo das Práticas Comunitárias varia, a cada ano, de acordo com os dons e habilidades dos jovens e também de acordo com a realidade social circundante. Atualmente, o trabalho abrange pessoas portadoras de deficiência, crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, crianças e jovens da rede municipal e estadual de ensino, crianças enfermas e idosos residentes em lares em Ivoti.

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

treze − 10 =

%d blogueiros gostam disto: